Choose Life. Choose a job. Choose a career. Choose a family. Choose a fucking big television, choose washing machines, cars, compact disc players and electrical tin openers. Choose good health, low cholesterol, and dental insurance. Choose fixed interest mortgage repayments. Choose a starter home. Choose your friends. Choose leisurewear and matching luggage. Choose a three-piece suite on hire purchase in a range of fucking fabrics. Choose DIY and wondering who the fuck you are on Sunday morning. Choose sitting on that couch watching mind-numbing, spirit-crushing game shows, stuffing fucking junk food into your mouth. Choose rotting away at the end of it all, pissing your last in a miserable home, nothing more than an embarrassment to the selfish, fucked up brats you spawned to replace yourselves. Choose your future. Choose life… But why would I want to do a thing like that? I chose not to choose life. I chose somethin’ else. And the reasons? There are no reasons. Who needs reasons when you’ve got heroin?

Perder Peso!

21 de fevereiro de 2007

Fugir da realidade é mais facil do que viver nela. Pelo menos pra mim. A realidade é muito sem graça.... muito dura... dói. Então qqer momento de diversão , de fuga, de sensação de ue eu estou em outro mundo eu aproveito, eu agarro com todas as forças... Não é a toa que eu tenho o meu mundinho. O mundinho da Ninja. ^^ Um lugar especial.... Várias vezes qdo eu estou na realidade mergulho no meu mundinho, é tão bom!!!!!

Será que pintar o cabelo de cores estranhas, cortar ele de uma forma diferente, se vestir de forma ou de outra seria trazer parte do meu mundo pra fora? Talvez sim. Fico parecendo um anime, um personagem de filme, de rpg, ou o que quer que seja... que é na verdade o que eu gostaria de ser !!! Já falei isso aqui antes !!!

Eu não quero ser normal igual os outros... não que eu queira ser anormal , chocar a sociedade, ou algo assim, eu quero é me sentir bem comigo mesma! ter quantas tatuagens eu quiser, ter meu cabelao vermelhão lindo !!!

Mas nada disso é possivel... infelizmente.... não na sociedade em que a gente vive.... :( Todos são mente fechada, só aceitam o "normal". E quem sofre com isso sou eu....